Blog

 

Aquele primeiro olhar que a mãe troca com o bebê não é um instante comum. Da mesma maneira, quando o pequeno abre os olhinhos ao ouvir pela primeira vez a voz do pai está longe de ser uma simples reação.

Por isso, os primeiros dias são importantíssimos para estabelecer a relação de cuidado e carinho que os pais e cuidadores terão com o bebê, e estas ações são fundamentais para o desenvolvimento e conforto da criança. Com certeza, uma simples troca de fralda será uma ocasião única para estabelecer conexão com o bebê.

  •  Para o recém-nascido, cada toque que ele recebe tem uma influência. Portanto, considere o banho como um momento único para transmitir muito amor e carinho. O mesmo vale para troca de roupa, fraldas, colo... Ele vai entender!
  • Não é preciso acordar o pequeno para reforçar nenhum contato.
  • Conversas também são fundamentais para estreitar o relacionamento. Afinal, a voz da mãe, do pai, dos irmãos e de pessoas que conviveram mais próximas dele durante a gestação transmitem bem-estar e relaxamento.
  •  Demonstrar carinho é de extrema importância para a segurança emocional do pequeno.
  • Ao ser tocada, a criança desenvolve seus sentidos e interpreta os atos como prazerosos.
  • A amamentação é um ato de amor. Além de nutrir o filho, a mãe tem a grande oportunidade de realizar carinhos e permitir novas trocas de olhares.
  • Não se esqueça: no desenvolvimento de vínculos, qualidade é muito mais importante do que quantidade.
  • Sim, é possível que o bebê chore apenas para pedir colo. É comum eles se sentirem inseguros e sozinhos nos primeiros meses de vida.

 

Fonte: Guia do Recém-nascido, On Line Editora

O que achou deste post? Conte para nós?

© 2018 Dra. Cláudia Carneiro | Pediatria e Homeopatia

img-a9-link