Blog

Por um bom tempo, o berço será o local de aconchego e segurança para seu pequeno. Portanto, é um investimento que deve ser feito após pesquisas sobre materiais e qualidade.

Vamos às dicas?

1. O primeiro ponto a ser analisado é a solidez do berço: preste atenção para que sua estrutura não se move e busque referências de produtos que durem, pelo menos, três anos.

2.Um berço seguro não deve ter decoração que possa cair ou ser arrancada para que não cause um acidente como engasgos e sufocamentos.

3. O tamanho não interfere na segurança, desde que o colchão fique bem ajustado, sem espaços para que o bebê enfie os seus dedinhos.

4.As grades são outro ponto importante. Para que o bebê não possa colocar sua cabeça entre elas, a recomendação é que elas tenham menos do que 6 cm de distância entre elas e,sempre que possível, revise regularmente o estado das grades, principalmente se forem de madeira, para que o bebê não se arranhe.

5.Também é muito importante que o berço não esteja perto de janelas, persianas ou cortinas. O restante das medidas de segurança que você deve ter são as mesmas que utiliza no resto da casa.

6. Vigie sempre a temperatura do quarto onde o berço estiver situado e busque que seja um ambiente saudável e seguro para que não ocorram acidentes domésticos.

7. Não deixe nenhum objeto dentro do berço, como ursos de pelúcia, rolinhos, almofadas e travesseiros. Os lençóis e mantas devem ficar presos.

8. Não coloque protetores acolchoados nas laterais do berço.

9. Visando minimizar os riscos de sufocamento, as medidas de segurança ainda devem ser somadas à posição correta do bebê dormir, que é de barriga para cima e rostinho virado.

 

Fonte:https://br.guiainfantil.com/materias/decoracaoa-seguranca-dos-bebes-no-berco/ 

© 2018 Dra. Cláudia Carneiro | Pediatria e Homeopatia

img-a9-link